Pesquisar este Blog

quinta-feira, 10 de maio de 2012

Como Preparar Arroz Integral



O ARROZ NOSSO DE CADA DIA

O arroz branquinho pode ser muito gostoso, mas é pobre em vitaminas e nutrientes que melhorariam a sua saúde.

Isso se deve ao processo de preparação que o arroz passa até chegar ao seu prato, pois o arroz para ficar branco passa por um polimento que retira a película amarronzada que o envolve, e é nela que se encontra a maior concentração de nutrientes. Quando não se retira a película o arroz fica conhecido como arroz integral.

Conheça os tipos de grãos de arroz:

Arroz branco – É rico em carboidrato e proteína. Ele maior parte do óleo, das enzimas, vitaminas, minerais e fibras quando sua casca é retirada, portanto não é o dos mais nutritivos. Uma receita muito boa é misturar o arroz branco com o integral para  absorver mais vitaminas, proteínas e minerais.

Arroz Parboilizado – É rico em minerais como cálcio, fósforo, sódio e potássio. Quando ele ainda está na casca, passa por um processo de tratamento com água fervente que leva todos os nutrientes para dentro do grão.

Arroz Selvagem – Tem sabor que lembra nozes ou amêndoas. Tem maior teor de fibras, vitaminas e minerais que todos os outros tipo de feijão.

Arroz Arbóreo – É rico em fibras, sua consistência é um pouco pegajosa, e quando cozido fica bem empapado. Ideal para fazer risoto.

Arroz Integral – É rico em fibras, e proporciona maior saciedade. Tem grande quantidade de vitaminas do complexo B e minerais.

Em minha cozinha, o arroz mais usado é o integral, então vou falar um pouco mais sobre ele.

Esse arroz apresenta uma grande quantidade de fibras, proteínas, minerais e vitaminas do complexo B. Nutrientes que fazem muito bem ao corpo, pois através deles evitamos disfunções intestinais, auxilia o metabolismo da glicose em diabéticos, protege o sistema nervoso e participa do metabolismo da contração muscular, além de não conter glúten.

Como Preparar o Arroz Integral 

Ingredientes:
1 xícara (chá) de arroz integral (de boa qualidade)
3 xícaras (chá) de água fervente
sal a gosto (eu prefiro usar sal marinho)
salsinha e cebolinha picadas a gosto (opcional)

Modo de fazer:
Coloque a água para ferver em uma caneca. Enquanto isso, lave bem o arroz em escorredor, da mesma forma que se lava o arroz branco. Em uma panela coloque o arroz e deixe refogar sem óleo, mexa bem. Adicione a água fervente e coloque um pouquinho de sal marinho. Cubra com a tampa deixando a panela semi aberta. O arroz vai abrir durante o cozimento e quando a água secar, o arroz vai estar macio e soltinho, apague o fogo e tampe a panela. Espere 5 minutos, transfira o arroz para uma travessa, (misture a cebolinha e a salsinha opcional) e sirva quente.

Dicas: 
- Se você perceber que a água está secando e o arroz não abriu o grão, coloque mais meia xícara de água fervente. Espere o grão abrir para colocar o sal, e misturar. Isso acontece dependendo da marca de arroz que você usar. Tem alguns que são um pouco mais durinhos.
- Você pode utilizar a água de legumes que você cozinhou, pra deixar o arroz mais nutritivo ou adicionar um cubinho de caldo de legumes que eu ensino a fazer AQUI .
- O arroz integral agulhinha demora um pouquinho mais para cozinhar, já o cateto é melhor. Eu geralmente uso o arroz integral cateto.
- Você se lembra de quando nossas avós escolhiam o arroz, pois é hoje em dia a gente também deve fazer isso, limpar o arroz das impurezas é sempre bom, mas isso depende de pessoa para pessoa.
- Se preferir, você pode deixar o arroz de molho por umas 3 horas. Não jogue fora a água do molho pois deve usá-la para o cozimento.

Como fazer seu Arroz 7 grãos

Este arroz custa muito mais caro que o arroz integral simples, pois possui vários grãos misturados em sua embalagem, dando aparência, sabor e nutrientes mais ricos e diversificados.

Eu resolvi fazer meu próprio arroz 7 grãos, assim posso escolher quais grãos adicionar e não gasto com as embalagens caríssimas que andam pelos supermercados.

Compre um arroz de boa qualidade e misture os grãos que desejar: cevada, trigo, aveia, linhaça, quinoa, arroz selvagem, lentilhas, semente de girassol, gergelim, frutas secas, uvas passas, enfim o que você quiser. Você pode fazer um arroz com até 10 grãos se desejar.

Cozinhe da mesma forma que ensinei acima, mas aumente a água para 3 e 1/2 xícaras.

Costumo fazer minha compra de grãos e sementes no local abaixo, na verdade existem várias lojas por lá, é só escolher a sua, os produtos são bem mais em conta, vale a pena, mas preste atenção na data de validade dos produtos e na qualidade dos mesmos:
http://www.andorraalimentos.com.br
Rua Santa Rosa, 171/175
São Paulo - Brás


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...